Emprego

Premiê pede para empresas maior aumento salarial aos trabalhadores em 2024

Fumio Kishida fez a solicitação ao presidente da influente Federação das Indústrias do Japão

Premiê pede para empresas maior aumento salarial aos trabalhadores em 2024

Tóquio, Japão — O primeiro-ministro Fumio Kishida solicitou nesta segunda-feira (25) à Federação das Indústrias do Japão, conhecida como Keidanren, que as empresas japonesas considerem conceder aumentos salariais em 2024 superiores aos obtidos neste ano, conforme relatado pela Kyodo News.

Durante o encontro com o presidente da Keidanren, Masakazu Tokura, Kishida expressou: “Gostaria de buscar sua cooperação para realizar aumentos salariais que excedam os deste ano”.

Publicidade
blank

Embora o primeiro-ministro não tenha especificado um percentual, destacou a importância de apoiar o rendimento das pessoas, especialmente diante de um corte de impostos programado para o próximo ano.

Este pedido do premiê japonês precede as negociações salariais anuais, realizadas na primavera, entre organizações empresariais e sindicatos dos trabalhadores.

No ano corrente, o Japão alcançou seu melhor resultado em cerca de três décadas, com um aumento médio de 3,99% acordado pelas grandes empresas e de 3% pelas pequenas empresas.

Tanto o governo quanto representantes do Banco do Japão enfatizam a importância do aumento salarial para ajudar as famílias a superarem as dificuldades de subsistência e contribuir para alcançar uma inflação estável.

Ao final da reunião, Tokura ressaltou a necessidade de avançar com os aumentos salariais “com mais energia e determinação mais forte” do que no ano anterior, visando superar completamente a deflação em cooperação com o governo.

Foto: PhotoAC

Comentários
Publicidade
blank