Clima

Nova onda de frio promete temperaturas abaixo de 0ºC em diversas regiões do Japão

Previsão indica possibilidade de primeira nevasca de nível de alerta em algumas províncias

Nova onda de frio promete temperaturas abaixo de 0ºC em diversas regiões do Japão

Tóquio, Japão — Uma nova onda de frio está prestes a atingir grande parte do Japão a partir de quinta-feira (21), com especial impacto nas províncias ao longo do Mar do Japão, segundo informações das emissoras NHK e CBC.

A expectativa é de temperaturas mínimas durante a madrugada caindo para menos de 0ºC em muitas províncias, inclusive aquelas situadas no lado do Pacífico.

Publicidade
blank

As previsões indicam que este evento climático pode resultar na primeira nevasca de nível de alerta da temporada na região oeste, trazendo riscos significativos de acumulação de neve, especialmente nas estradas, podendo impactar fortemente o trânsito.

A Agência Meteorológica do Japão alerta que a massa de ar frio prevista deve trazer temperaturas até 10 graus mais baixas do que o normal, especialmente no oeste do Japão.

Com o fortalecimento do padrão de pressão atmosférica de inverno, prevê-se a ocorrência de neve até nas planícies, principalmente no lado do Mar do Japão, tanto no oeste quanto no leste e norte do país, de quinta-feira a sábado (23).

As regiões de Kinki, Chugoku, parte de Tokai e o norte de Kyushu estão particularmente sob risco de uma nevasca de nível de alerta, caso a neve continue caindo intensamente ou as nuvens se desenvolvam mais do que o esperado.

A previsão de acumulação de neve até a manhã de quinta-feira inclui até 50 cm em Hokkaido, 40 cm em Niigata, 20 cm em Hokuriku, 15 cm em Chugoku e 5 cm no norte de Kyushu.

Até a manhã de sexta-feira (22), espera-se que essa acumulação aumente significativamente, com até 70 cm em Niigata e Hokuriku, 60 cm em Hokkaido, 40 cm em Chugoku e 20 cm no norte de Kyushu.

A Agência Meteorológica alerta para o risco de transtornos no trânsito causados pela neve e pelo gelo nas estradas, além de problemas como quedas de energia e avalanches.

O Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo e a Agência Meteorológica também recomendam evitar saídas desnecessárias durante a nevasca e, se for necessário dirigir, usar pneus de inverno ou correntes.

Foto: Reprodução/CBC

Comentários
Publicidade
blank