Japão

Japão mantém alerta elevado contra possíveis ameaças de mísseis da Coreia do Norte

ção defensiva permanece apesar do prazo para lançamento de satélite norte-coreano ter passado; razões não são explicitadas pelo Ministério da Defesa japonês

Japão mantém alerta elevado contra possíveis ameaças de mísseis da Coreia do Norte

Tóquio, Japão — O Japão decidiu prorrogar, neste domingo (11), o estado de alerta de suas defesas contra mísseis balísticos, mesmo após expirar o prazo estabelecido pela Coreia do Norte para o lançamento de um satélite.

No mês passado, o Japão havia ativado suas defesas contra mísseis balísticos e prometido derrubar qualquer projétil que ameaçasse seu território, após receber uma notificação da Coreia do Norte sobre seus planos de lançar um satélite entre 31 de maio e meia-noite do último sábado (10).

Publicidade
blank

Em um breve comunicado, o Ministério da Defesa do Japão afirmou: “Por enquanto, o Japão manterá seu estado de alerta em relação às defesas de mísseis balísticos”, sem fornecer maiores explicações sobre a decisão.

No mês passado, a Coreia do Norte havia informado à Organização Marítima Internacional sobre o cronograma de seu planejado lançamento de satélite.

No dia 31 de maio, a Coreia do Norte lançou um satélite que falhou, resultando na queda do propulsor e da carga no mar, conforme relatado pela mídia estatal norte-coreana.

Um dia após o incidente, Kim Yo Jong, irmã do líder norte-coreano Kim Jong Un, anunciou que o país em breve colocaria um satélite militar de espionagem em órbita, sem especificar uma data, e prometeu que Pyongyang aumentaria sua capacidade de vigilância militar.

Foto: REUTERS

Comentários
Publicidade
blank