Japão

Japão estuda reduzir idade mínima para aquisição da carteira de motorista provisória

A modificação tem como objetivo reduzir a sobrecarga nas autoescolas durante o período de férias de primavera

Japão estuda reduzir idade mínima para aquisição da carteira de motorista provisória

Tóquio, Japão — A Agência Nacional de Polícia do Japão está considerando uma possível redução na idade mínima para a obtenção da carteira de motorista provisória, passando de 18 para 17 anos e 6 meses, conforme divulgado pela agência de notícias Kyodo nesta quinta-feira.

Essa proposta visa beneficiar estudantes do ensino médio nascidos entre janeiro e março, possibilitando que obtenham a carteira de motorista antes mesmo da conclusão dos estudos.

Publicidade
blank

A intenção por trás dessa mudança é aliviar a sobrecarga nas autoescolas durante as férias de primavera e facilitar o processo para esses estudantes adquirirem a habilitação antes de ingressarem no mercado de trabalho.

A iniciativa responde a solicitações de autoescolas e empresas que veem a medida como uma forma de otimizar o processo de formação de novos condutores.

É importante destacar que, apesar da possível redução na idade para a carteira provisória, a idade mínima para a obtenção da carteira de motorista definitiva permanecerá em 18 anos.

Isso implica que os procedimentos para a obtenção da habilitação provisória poderão ser iniciados aos 17 anos e 6 meses, mas será necessário atingir a idade de 18 anos completos no momento da obtenção da carteira de motorista definitiva.

A Agência Nacional de Polícia enfatizou que a proporção de estudantes nascidos no início do ano que concluem a autoescola antes da formatura é menor em comparação com os nascidos entre abril e dezembro.

Portanto, antecipar a idade elegível para a carteira provisória em seis meses proporcionaria a esses jovens mais tempo para finalizar o processo e obter a habilitação definitiva.

Foto: PhotoAC

Comentários
Publicidade
blank