JapãoMundoSociedade

Empresas japonesas revisam as diretrizes de máscaras

blank

O governo do Japão vai suspender a obrigatoriedade do uso de máscara a partir em 13 de março. Com a decisão,  muitas empresas estão se preparando para seguir a medida, relaxando suas próprias medidas.

A grande operadora de lojas de departamentos Isetan Mitsukoshi Holdings disse que os clientes poderão escolher se querem usar máscaras a partir da próxima segunda-feira (13).  Para os funcionários, ainda será diz que uma exigência ainda estará em vigor para os funcionários. Lojas de departamentos semelhantes, como Takashimaya, Daimaru Matsuzakaya e Sogo & Seibu planejam tomar medidas semelhantes.

Publicidade
blank

As cadeias de lojas de conveniência Seven-Eleven Japan, FamilyMart e Lawson também deixarão a decisão para os clientes., porém, não irá exigir que os funcionários usem máscaras, embora os donos das lojas possam recomendar o uso.

A indústria ferroviária está se preparando para a mudança.
A East Japan Railway, principal empresa de transporte ferroviário japonês, disse  que deixará a decisão para os passageiros, mas pode pedir que eles evitem falar alto dentro dos trens. A Central Japan Railway e a West Japan Railway também eliminarão os requisitos de máscara.

E diversas redes de restaurantes também estão revendo suas medidas diante das novas diretrizes do governo.

Comentários
Publicidade
blank