Emprego

PayPay será a primeira candidata ao ‘salário digital’

O governo permitirá o pagamento dos salários por meios alternativos ao depósito em conta ou em espécie, suspendendo a proibição anteriormente estabelecida.

PayPay será a primeira candidata ao ‘salário digital’

A partir de abril deste ano, os trabalhadores do Japão terão mais uma opção para receber seus salários, com a entrada da maior empresa de pagamentos eletrônicos do país, a PayPay, nesse mercado. O anúncio foi realizado na segunda-feira (27) e indica uma mudança significativa na legislação trabalhista do país.

Até o momento, o governo japonês só reconhecia o pagamento de salários em dinheiro em espécie ou por depósito bancário, mas a partir de agora, as empresas poderão depositar o salário diretamente na conta do PayPay do funcionário, desde que um contrato de gestão de trabalho seja concluído e que o consentimento individual seja obtido.

Publicidade
blank

A revisão da Lei de Normas Trabalhistas permitirá que os pagamentos salariais por aplicativos de pagamentos eletrônicos sejam reconhecidos pelo governo. A medida faz parte da estratégia de crescimento do país, que planeja aumentar a usabilidade dos aplicativos de pagamento e incentivar a tendência cashless.

O Japão é um dos países desenvolvidos mais atrasados em relação a esse tipo de pagamento, comparando com os demais. Porém, com o anúncio da PayPay, espera-se que outras empresas de pagamentos eletrônicos, como a Rakuten Pay, também entrem nesse mercado.

Essa nova opção de pagamento deve facilitar a vida dos trabalhadores, que poderão receber seus salários com mais rapidez e comodidade. Além disso, é mais uma forma de incentivar a tendência cashless, que vem ganhando força em todo o mundo.

Imagem: Internet

Comentários
Publicidade
blank