Emprego

Daihatsu também estende paralisação em junho

Outra indústria automobilística anuncia que terá que parar a produção mais dias do que o previsto.

blank

Mais uma montadora japonesa, depois da Toyota, anunciou estender a paralisação programada entre 1.º e 3 de junho, inicialmente. A Daihatsu Motor informou, na segunda-feira (30), que terá que adicionar mais dias à suspensão da produção.

O alvo é a planta de Quioto, situada em Oyamazaki, para a qual foram acrescentados 8 dias úteis de suspensão. Assim, o período de paralisação dessa planta será até 10 de maio.

Publicidade
blank

Além dos veículos próprios, fabrica ainda o Passo e Probox da Toyota nessa planta.

Em relação à planta número 2, situada em Ryuo (Shiga), as suspensões continuam conforme o divulgado anteriormente: 4 turnos dos dias 17 e 20 de junho.

A previsão para a planta de Kyushu, situada em Oita, também permanece inalterada, para os dias 3 e 13, nos 4 turnos.

O motivo é o mesmo, da escassez no fornecimento de autopeças por causa do lockdown em Xangai, China.

Comentários
Publicidade
blank