Economia

Mais de 30 mil produtos poderão ter seus preços aumentados até outono

Uma empresa de pesquisa relata que mais de 20mil produtos tiveram seus preços aumentados até o momento.

Mais de 30 mil produtos poderão ter seus preços aumentados até outono

A Teikoku Databank Ltd., uma empresa de pesquisa de crédito, divulgou um relatório indicando que mais de 20.000 produtos alimentícios e de bebidas sofreram aumento de preços este ano, e o ritmo acelerado de ajustes pode ultrapassar 30.000 até o outono, conforme informado pela Kyodo News.

O relatório atribui o aumento dos custos de muitos produtos de consumo à gripe aviária, que levou a uma redução significativa na produção de aves e um aumento nos preços dos ovos. Além disso, outros produtos, como iogurte e queijo, sofreram aumento de preços devido ao aumento dos custos do leite cru.

Publicidade
blank

Até março, 9.667 produtos tiveram seus preços aumentados, com mais 5.116 em abril. Entre maio e junho, espera-se que 820 a 3.300 itens tenham seus preços ajustados, segundo o relatório da Teikoku Databank.

A pesquisa abrangeu 105 grandes empresas de alimentos e bebidas listadas em bolsas de valores, bem como 90 empresas não listadas até o final de abril. O estudo mostrou que uma ampla gama de alimentos, como algas marinhas, dashi (um tipo de caldo de sopa japonês), macarrão instantâneo e alimentos congelados, podem se tornar mais caros.

Os consumidores podem estar enfrentando preços mais altos para muitos produtos devido a essas circunstâncias, mas o relatório não indica se haverá ou não algum alívio em breve.

Foto: Freepik

Comentários
Publicidade
blank