Turismo

Brasileiros não precisarão mais de visto para visitar o Japão por até 90 dias

Medida visa facilitar o turismo e fortalecer laços entre os dois países; Isenção entra em vigor em setembro

blank

Brasília, Brasil — O Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty) anunciou na quarta-feira (9) que os brasileiros agora poderão viajar ao Japão por um período de até 90 dias sem a necessidade de obtenção de visto.

Essa nova medida, resultado de um entendimento entre os governos do Brasil e do Japão, tem previsão de implementação a partir do dia 30 de setembro deste ano.

Publicidade
blank

O acordo de isenção recíproca de vistos permitirá que turistas tanto brasileiros quanto japoneses visitem ambos os países sem a obrigação de passar pelo processo de obtenção de visto. Esse marco no relacionamento bilateral visa promover uma maior interação cultural e fortalecer os laços históricos entre as nações.

A isenção, inicialmente prevista para vigorar por três anos, foi alcançada após o anúncio do primeiro-ministro japonês Fumio Kishida, durante a visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Japão em maio passado. Segundo o Itamaraty, essa ação reflete a política migratória brasileira fundamentada nos princípios de reciprocidade e igualdade de tratamento entre Estados.

É importante ressaltar que a isenção não abrangerá atividades remuneradas ou de trabalho.

Segundo o acordo, “a dispensa dos requisitos de visto não se aplicará aos brasileiros que desejem entrar no Japão com a intenção de buscar emprego ou exercer uma profissão, ou outra ocupação (incluindo entretenimento público e esporte com fins remunerativos)”.

Além disso, os visitantes deverão respeitar as leis e regulamentos do Japão, e o governo japonês reserva-se o direito de recusar a entrada ou permanência se considerar que tal ação prejudicaria os interesses do país.

A medida coincide com as celebrações dos 115 anos da imigração japonesa no Brasil e é vista como um passo importante para o aprofundamento das relações humanas e culturais entre os dois países.

Enquanto o Brasil planejei exigir visto de entrada para cidadãos do Japão, Estados Unidos, Canadá e Austrália a partir de outubro deste ano, agora a decisão será mantida somente para os três últimos, graças à reciprocidade japonesa.

Com essa ação mútua, a expectativa é de que o turismo, a colaboração cultural e o intercâmbio entre Brasil e Japão alcancem novos patamares, fortalecendo ainda mais os laços históricos e as parcerias entre as nações.

Foto: Reprodução

Comentários
Publicidade
blank