Tecnologia

Jaxa afirma que seu sistema de computador foi hackeado

Um representante da agência assegurou que dados relacionados às operações de foguetes e satélites não foram comprometidos

blankLogotipo da Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA) é visto em frente a um portão na filial do aeródromo do Centro Aeroespacial JAXA Chofu (Foto: REUTERS/Issei Kato)

Tóquio, Japão – A Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (Jaxa) divulgou que seu sistema de computador foi alvo de hackers, alertando para a possibilidade de vazamento de informações pessoais de funcionários e outras pessoas.

Tanto a Jaxa quanto o Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia do Japão asseguram que o servidor comprometido está isolado da rede responsável pelas operações de foguetes e satélites. Acreditam que informações confidenciais sobre operações espaciais não foram comprometidas.

Publicidade
blank

Funcionários da Jaxa foram informados do ataque cibernético por uma fonte externa e reconhecem a possibilidade de violação de determinados dados.

Fontes confiáveis indicam que o servidor invadido continha informações pessoais em mais de 5 mil arquivos, abrangendo executivos, funcionários efetivos e temporários da agência.

A Jaxa, em conjunto com organizações afins, está empenhada em avaliar a extensão dos danos e os métodos utilizados pelos hackers. No entanto, a agência se recusa a divulgar detalhes específicos, citando preocupações com segurança.

Enfatizando seu compromisso com a segurança cibernética, a Jaxa afirma que continuará a investigação em curso e implementará medidas preventivas contra futuros ataques.

Foto: REUTERS/Issei Kato

Comentários
Publicidade
blank