Política

Kishida atinge maior índice de aprovação após cúpula com Biden

O índice de aprovação do gabinete do primeiro-ministro Fumio Kishida alcançou 66%, na mais recente pesquisa do Nikkei.

blank

O índice de aprovação do gabinete do primeiro-ministro Fumio Kishida alcançou 66% na mais recente pesquisa do Nikkei, o maior desde que assumiu o poder em outubro passado.

A aprovação subiu de 64% em abril, enquanto o índice de desaprovação do gabinete caiu de 27% para 23% na pesquisa conduzida junto à TV Tokyo no fim de semana.

Publicidade
blank

Na cúpula de Kishida realizada no Japão com o presidente dos EUA, Joe Biden, onde ambos os líderes afirmaram a necessidade de fortalecer a dissuasão com a China em mente, 61% dos entrevistados manifestaram suporte, ultrapassando de longe a oposição de 21%.

Enquanto isso, 69% apoiaram a determinação de Kishida em se pronunciar contra a invasão russa à Ucrânia, alta de 7 pontos percentuais de abril.

Na semana passada, Kishida presidiou a cúpula do Quad formada por Japão, EUA, Índia e Austrália, cuja declaração reiterou forte determinação para manter a paz e estabilidade na região indo-Pacífico.

A situação do coronavírus no Japão também melhorou nos últimos tempos. Os esforços sobre a covid-19 e a frente diplomática pareceram ter agradado o público.

Sobre como se preparar para uma emergência de Taiwan, 50% dos entrevistados disseram que o Japão deveria fazer o tanto possível dentro do âmbito da lei atual, enquanto 41% disseram que o país deveria melhorar sua resposta, incluindo através de revisões legislativas.

Comentários
Publicidade
blank