Japão

Turbulência nos trilhos: Chuvas causam caos nas estações de shinkansen

Operadora relata mais de 305 mil passageiros afetados por atrasos e cancelamentos

Turbulência nos trilhos: Chuvas causam caos nas estações de shinkansen

Tóquio, Japão — A passagem do poderoso tufão Lan trouxe desordem às famosas linhas de shinkansen do Japão, resultando em uma série de cancelamentos e atrasos significativos para os passageiros.

Enquanto os serviços estão sendo gradualmente restaurados, a Central Japan Railway alerta para possíveis congestionamentos nas estações.

Publicidade
blank

Estações lotadas e viagens interrompidas

As conhecidas linhas de trem-bala, uma marca registrada do sistema de transporte japonês, enfrentaram turbulência após a passagem do tufão Lan.

De acordo com informações da emissora NHK e do Japan Times, a situação foi marcada por cancelamentos repentinos e retomadas intermitentes de serviços, deixando centenas de milhares de passageiros em apuros nas estações de shinkansen.

As conexões entre as movimentadas estações de Tóquio e Hakata foram particularmente afetadas, com cancelamentos, reinícios e suspensões ocorrendo em rápida sucessão, tudo durante o feriado de Obon.

Passageiros em espera e atrasos consideráveis

A quarta-feira (16) testemunhou cenas de passageiros aglomerados nas estações de Tóquio, Nagoia, Osaka, Okayama, Hiroshima e Hakata, ansiosos pela retomada dos serviços de trem. Outros viajantes, em meio à incerteza, procuravam soluções alternativas para atingir seus destinos.

A Central Japan Railway revelou que mais de 305.000 indivíduos tiveram suas viagens interrompidas devido ao cancelamento de 185 trens e a atrasos que ultrapassaram nove horas para outros 240 trens.

Tufão imprevisível desafia operadoras ferroviárias

Tanto a Central Japan Railway quanto a West Japan Railway haviam planejado suspender os serviços entre Nagoia e Okayama devido ao tufão. No entanto, o mau tempo desafiou essas expectativas.

Uma tempestade intensa na quarta-feira pela manhã inundou uma seção da linha entre Shizuoka e Mishima, forçando a Central Japan Railway a suspender novamente as operações. As chuvas excederam os limites estabelecidos para operações seguras, resultando em suspensões prolongadas e surpreendentes.

Esforços de recuperação em andamento

A Central Japan Railway começou a retomar os serviços gradualmente na tarde da quarta-feira, mas atrasos persistiram, prejudicando muitas viagens.

Alguns trens que haviam sido interrompidos foram finalmente retomados por volta das 8h30 da quinta-feira (17), embora enfrentando atrasos contínuos.

A operadora está aconselhando os viajantes a evitarem o shinkansen temporariamente, até que a situação das estações se estabilize. Aqueles afetados pelos tumultos podem solicitar reembolsos ou ajustar suas reservas para datas futuras, com base na disponibilidade.

As operadoras ferroviárias estão enfrentando desafios complexos, com a natureza imprevisível do clima intensificando as preocupações com a operação segura dos trens-bala. Enquanto os esforços de recuperação continuam, os viajantes estão sendo encorajados a monitorar as atualizações e ajustar seus planos de acordo.

Foto: ANN

Comentários
Publicidade
blank