Japão

Alerta de erupção do vulcão Kuchinoerabu é elevado para nível 2 no Japão

Aumento da atividade vulcânica na ilha Kuchinoerabu acende alerta de erupção no Japão, foram registrados mais de 100 tremores

blank

Kagoshima, Japão — A Agência Meteorológica do Japão anunciou hoje, segunda-feira (26), o aumento do alerta de erupção para o vulcão localizado na ilha Kuchinoerabu, situada na província de Kagoshima. Essa medida foi tomada em resposta a uma série de terremotos vulcânicos que têm ocorrido na região, conforme relatado pelo jornal Asahi.

A Sede Regional de Fukuoka da Agência Meteorológica do Japão elevou o alerta do Nível 1 para o Nível 2. Essa mudança implica que todos os visitantes são orientados a evitar a área circundante à cratera do vulcão, devido ao aumento potencial da atividade vulcânica.

Publicidade
blank

Nos últimos dias, desde 17 de junho, a atividade vulcânica na ilha tem aumentado, com cerca de 100 terremotos de origem vulcânica registrados no Monte Shindake, localizado na ilha de Kuchinoerabu.

Os meteorologistas emitiram um alerta para o público ficar atento à possibilidade de cinzas vulcânicas se espalharem por aproximadamente 1 quilômetro a partir da cratera do Monte Shindake. Além disso, as autoridades orientam que as pessoas estejam vigilantes quanto à ocorrência de fluxos piroclásticos, que podem ser lançados a cerca de 2 km a oeste da cratera.

Vale ressaltar que a última erupção registrada em Kuchinoerabu ocorreu em 2015, o que levou à evacuação temporária de todos os habitantes da ilha.

O Japão possui um sistema de alerta com cinco níveis para vulcões, estabelecidos pela Agência Meteorológica com base na intensidade e probabilidade de erupção vulcânica. Os níveis de alerta são os seguintes:

Nível 1: “Atenção” – Indica que a atividade vulcânica está acima do normal, exigindo que se esteja atento à possibilidade de erupção.

Nível 2: “Restrição na área da cratera” – A atividade vulcânica está aumentando e existe risco de erupção, demandando a restrição de acesso à área em torno da cratera.

Nível 3: “Restrição de acesso à montanha” – A erupção vulcânica é provável, exigindo a restrição de acesso à montanha.

Nível 4: “Evacuação prévia” – Uma erupção vulcânica é iminente ou está em andamento. É necessário evacuar as áreas próximas ao vulcão, começando pelos idosos.

Nível 5: “Evacuação” – Uma erupção vulcânica está em andamento e é extremamente perigosa, exigindo a evacuação de todas as pessoas da área.

Medidas adicionais estão sendo tomadas para garantir a segurança dos habitantes e visitantes da ilha de Kuchinoerabu. As autoridades permanecem vigilantes quanto à atividade vulcânica e continuarão monitorando de perto a situação nas próximas horas e dias.

Foto: Reprodução/ Banco de Imagens

Comentários
Publicidade
blank