Economia

Honda demite 900 trabalhadores na China e Toyota suspende parte da produção no país

As fabricantes de automóveis japonesas, centradas em veículos a gasolina, enfrentam desafios

blank

Tóquio, Japão — A Toyota Motor está implementando uma significativa adaptação em sua fábrica de veículos em Tianjin, na China, como resposta à rápida mudança para veículos elétricos (EVs) no mercado chinês e à queda nas vendas de carros a gasolina, de acordo com informações da Jiji Press.

Dentre as quatro principais instalações de produção da Toyota, uma já está parcialmente inativa, e existe a possibilidade de que outra também tenha sua produção temporariamente suspensa.

Publicidade
blank

A fábrica afetada da Toyota é uma joint venture com a First Automobile Group, um importante fabricante estatal chinês. A produção do sedã compacto Vios foi encerrada no verão, e a fabricação do popular Corolla também foi reduzida.

Enquanto isso, a Honda tomou medidas para reduzir cerca de 900 funcionários na China.

A fábrica da Honda em Guangzhou, Guangdong, operada em joint venture com a Guangzhou Automobile Group, encerrou contratos com trabalhadores temporários, representando aproximadamente 7% do total de 13.000 funcionários da empresa.

O governo chinês tem promovido ativamente a adoção de veículos elétricos (EVs), beneficiando os fabricantes locais. No entanto, montadoras japonesas, centradas em carros a gasolina, estão enfrentando desafios.

Durante o período de janeiro a outubro de 2023, as vendas totais de carros novos na China aumentaram 9,1% em relação ao mesmo período do ano anterior, impulsionadas principalmente pelos EVs.

No entanto, as vendas da Toyota e Honda caíram 3,6% e 16,7%, respectivamente, refletindo a crescente preferência dos consumidores chineses por veículos elétricos.

A Toyota também reduziu, este ano, cerca de 1.000 trabalhadores temporários em outra joint venture, a GAC Toyota. Adicionalmente, a Mitsubishi Motors anunciou em outubro sua retirada da produção de veículos na China, destacando as mudanças significativas no cenário automotivo do país.

Foto: Reprodução/Internet

Comentários
Publicidade
blank