Economia

Aumento superior a 50% nas falências de pequenas e médias empresas no Japão

Isso ocorre principalmente devido ao vencimento de empréstimos adquiridos durante a crise da Covid-19

blank

Tóquio, JapãoPequenas e médias empresas estão enfrentando um crescimento alarmante nas falências no pós-pandemia, superando consideravelmente os números registrados durante o auge da crise da Covid-19, relatou o jornal Asahi em sua edição de segunda-feira.

A causa subjacente

O fenômeno é atribuído, na maioria, ao vencimento dos empréstimos adquiridos durante o auge da crise, os quais eram caracterizados por suas taxas de juros quase inexistentes e a ausência de exigência de garantias.

Publicidade
blank

Conforme dados divulgados pela Tokyo Shoko Research Ltd., os registros de maio revelaram um aumento anual de 34,3% nas falências (totalizando 704 casos), enquanto o mês de julho testemunhou um incremento de 53,7% (totalizando 758 casos) em relação ao ano anterior.

A questão crucial aqui é que, apesar de terem servido como uma tábua de salvação para muitas empresas durante tempos de adversidade, esses empréstimos atualmente representam um fardo significativo para uma parcela substancial delas, que agora enfrentam dificuldades para honrar suas dívidas.

Complicações financeiras e dilemas públicos

As autoridades sustentaram os encargos de juros associados a esses empréstimos por um período de três anos.

No entanto, caso essas obrigações financeiras não sejam cumpridas, a responsabilidade recai sobre os contribuintes.

Surgiram preocupações de que tais empréstimos, ao invés de viabilizarem um real reerguimento das empresas, pudessem apenas prolongar a existência de empreendimentos sem perspectivas concretas de lucratividade.

Setores em desvantagem

O setor de serviços, particularmente a indústria de restaurantes, foi o mais impactado por essa tendência alarmante de falências.

Embora alguns setores, como o ramo hoteleiro, estejam gradativamente se recuperando com o aumento do turismo doméstico após a atenuação das restrições impostas pela Covid-19, a indústria de restaurantes permanece em um declínio contínuo.

Ela se depara com desafios como a redução de subsídios governamentais e o encarecimento dos custos operacionais.

A situação está suscitando debates sobre as estratégias necessárias para apoiar o ressurgimento dessas pequenas e médias empresas, bem como sobre a formulação de políticas que garantam uma recuperação econômica sustentável e inclusiva no Japão.

Foto: Reprodução

Comentários
Publicidade
blank