CiênciaJapão

Japão fornecerá vacinas Omicron ao público a partir de outubro

blank

O Ministério da Saúde do Japão decidiu começar a oferecer novas vacinas contra o coronavírus que visam as subvariantes Omicron em meados de outubro.

A chamada vacina bivalente combina ingredientes usados ​​para injeções de coronavírus existentes e aqueles derivados do subtipo BA.1 da variante Omicron. Acredita-se que as vacinas demonstrem uma alta resposta imune contra as subvariantes Omicron, incluindo a BA.5, que é responsável pelo atual surto de infecções.

Publicidade
blank

As vacinas estão sendo desenvolvidas pela Pfizer e Moderna e após a aprovação clínica, o ministério planeja começar a importar as vacinas em setembro para distribuição aos municípios.

Autoridades dizem que as vacinas prevenirão doenças graves entre os idosos e aumentarão a imunidade geral da sociedade japonesa.

O medicamento será indicado a todos os moradores que completaram as duas primeiras doses. O ministério não disse quanto tempo de intervalo após uma vacinação anterior seria necessário para as pessoas receberem as novas vacinas.

Membros do painel de especialistas do ministério expressaram na segunda-feira preocupação de que o público possa se abster de tomar sua dose de reforço e esperar até outubro para receber as vacinas mais recentes.

Eles pediram às pessoas com 60 anos ou mais que atualmente são elegíveis para a quarta tentativa para concluir o processo o mais rápido possível.

Comentários
Publicidade
blank