Economia

Salário mínimo médio do Japão deve passar de ¥1.000 por hora em aumento recorde

Painel do governo debate sobre o maior aumento já registrado no salário mínimo para ¥1.002 por hora

Salário mínimo médio do Japão deve passar de ¥1.000 por hora em aumento recorde

Tóquio, Japão — Um painel do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão está atualmente em deliberação para implementar um aumento histórico no salário mínimo, devido ao cenário inflacionário, segundo informações da emissora NHK e fontes ligadas ao governo.

A proposta em análise prevê um aumento de ¥41 ienes na média nacional do salário por hora, o que elevaria o salário mínimo médio nacional para ¥1.002 por hora. Caso a decisão seja aprovada, esta será a primeira vez que o valor ultrapassará a marca dos ¥1.000.

Publicidade
blank

Atualmente, o salário mínimo, que determina o valor mínimo que as empresas devem pagar aos seus funcionários, é estabelecido por região e a média nacional se encontra em ¥961 por hora.

A reunião do painel do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, que teve início às 10h desta sexta-feira (28), marca o momento decisivo das discussões sobre o aumento do salário mínimo deste ano. O conselho, com base na análise da inflação, está considerando o acréscimo de ¥41 na média nacional do salário mínimo.

Após a conclusão da decisão, o painel planeja elaborar um relatório detalhando os dados que embasam o aumento proposto.

O Ministro da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, Katsunobu Kato, destacou a importância de elevar o salário mínimo em uma conferência de imprensa após uma reunião de gabinete. Ele ressaltou: “O objetivo deste ano é alcançar uma média nacional de ¥1.000.Para manter e expandir o movimento de aumento salarial e estendê-lo aos trabalhadores não regulares e às pequenas e médias empresas, é essencial aumentar o salário mínimo. É crucial que o salário real continue aumentando”.

O salário mínimo no Japão é reajustado anualmente em outubro. No ano passado, o valor médio nacional registrou um aumento de 3,33%, passando de ¥930 para ¥961 por hora.

Vale ressaltar que cada província possui um salário mínimo (saitei chingin / 最低賃金) diferente, considerando o custo de vida e outros fatores. É importante ressaltar que nenhum empregador pode pagar aos funcionários menos do que os valores definidos em cada localidade.

Atuais valores dos salários mínimos por província:
(a média nacional é de 961 ienes por hora)
Hokkaido: 920 ienes
Aomori: 853 ienes
Iwate: 854 ienes
Miyagi: 883 ienes
Akita: 853 ienes
Yamagata: 854 ienes
Fukushima: 858 ienes
Ibaraki: 911 ienes
Tochigi: 913 ienes
Gunma: 895 ienes
Saitama: 987 ienes
Chiba: 984 ienes
Tóquio: 1.072 ienes
Kanagawa: 1.071 ienes
Niigata: 890 ienes
Toyama: 908 ienes
Ishikawa: 891 ienes
Fukui: 888 ienes
Yamanashi: 898 ienes
Nagano: 908 ienes
Gifu: 910 ienes
Shizuoka: 944 ienes
Aichi: 986 ienes
Mie: 933 ienes
Shiga: 927 ienes
Quioto: 968 ienes
Osaka: 1.023 ienes
Hyogo: 960 ienes
Nara: 896 ienes
Wakayama: 889 ienes
Tottori: 854 ienes
Shimane: 857 ienes
Okayama: 892 ienes
Hiroshima: 930 ienes
Yamaguchi: 888 ienes
Tokushima: 855 ienes
Kagawa: 878 ienes
Ehime: 853 ienes
Kochi: 853 ienes
Fukuoka: 900 ienes
Saga: 853 ienes
Nagasaki: 853 ienes
Kumamoto: 853 ienes
Oita: 854 ienes
Miyazaki: 853 ienes
Kagoshima: 853 ienes
Okinawa: 853 ienes

 

Foto: 
Fonte: Alternativa, AC

Comentários
Publicidade
blank